segunda-feira, maio 01, 2006

Conhecer alguém nao será apenas isto: conhecer o seu desejo?

"INCONHECÍVEL. Esforços do sujeito apaixonado para compreender e definir o ser amado "em si" como tipo de carácter, psicológico ou neurótico, independentemente dos dados particulares da relação de amor.

Estou envolvido nesta contradição: por um lado, creio conhecer o outro melhor do que ninguém e afirmo-lhe isso triunfalmente (Conheço-te bem. Só eu te conheço bem!); e, por outro lado, sou muitas vezes assaltado por esta evidência: o outro é impenetrável, irreconhecível, intratável; não posso abri-lo chegar à sua origem, desfazer o enigma. De onde vem? Quem é? Esgoto-me, nunca o saberei. Conhecer alguém nao será apenas isto: conhecer o seu desejo?" R. Barthes

Responde-me tu...

3 Comments:

Anonymous agostinho said...

olá minha amada lilibeth,

de certa forma, "o conhecer alguém" tem em si o conhecimento do seu desejo, mas não será apenas isto, mas é verdade que é um ponto importante.
mas não é verdade que eu seja impenetrável ou intratável, haverá sempre uma possibilidade de penetração, tratabilidade ou conhecimento, por mais infima que eventualmente possa ser...

.e ja agora, de onde conheces o sr R Barthes!?

10:09  
Blogger Lillibeth said...

A citação que te deixei não é sobre mim nem sobre ti, mas sobre o sentimento que nos liga, logo sobre ambos. É também um motivo para pudermos trocar aa nossas ideias sobre.

Muitos beijinhos.
Tem um bom dia meu querido!

11:58  
Anonymous cigas said...

humm.. ok!

19:03  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home