terça-feira, maio 23, 2006

13 Comments:

Anonymous becky said...

Porque apagaste os diálogos, Enid? se bem me lembro, eram bem a propósito. Também me lembro das vinhetas seguintes, porque não desvendas o resto?

22:13  
Anonymous agostinho said...

hmmmmmmmmmmmm.... :| ?!

22:51  
Anonymous Anónimo said...

ja chega de tanto misterio!!!!

o agostinho esta a ficar farto!

23:00  
Anonymous becky said...

Eu é que já estou farta destes comentários em nome de outros! Quem fala em nome de outras pessoas e assina como anónimo, não dê palpites.

23:24  
Anonymous Anónimo said...

chiu becky


e se eu nao estiver a falar em nome de outros?

23:34  
Anonymous agostinho said...

Lillibeth, acho que tudo tem um fim. acho que isto já foi longe demais. CHEGA!

00:14  
Anonymous joana said...

pior do que falar em nome dos outros assinando anonimo é falar em nome dos outros assinando por eles. é óbvio que não foi o agostinho a escrever isso. ele nunca falou assim com a lillibeth e nem é pessoa de falar assim com quem quer que seja...

01:20  
Anonymous ácido ascórbico said...

Lillibeth, tu e o Agostinho, jantaram no jantar?
Olha que o Agostinho dança muito bem :))

01:50  
Anonymous ácido ascórbico said...

Ups, o q eu queria perguntar é se dançaram no jantar...
Estava a imaginá-los assim, a dançar, ao som de um rádio vintage e a passar Ella Fitzgerald, ai ai!

02:09  
Anonymous António said...

Não tenho o meu livro comigo, emprestei-o :-P
Consigo lembrar-me que esta conversa entre eles foi um momento decisivo e sincero, e dos mais bonitos da história! Espero que corra bem!

Beijo, saímos este fds?

10:58  
Blogger Lillibeth said...

Sim, lembras-te bem 8-) aliás já falamos muito sobre esta cena, como bem te lembras, não?
Emprestado? Não sei de nada :P
Beijinhos ligo-te na sexta para combinarmos qualquer coisa.

15:50  
Anonymous Anónimo said...

joana: de onde conheces o agostinho?

nao me parece que ja alguma vez tenhas falado com ele..

20:24  
Anonymous Sérgio Tótil said...

Eu conheço o Agostinho e já falei com ele, mas não me chamo Joana. Chamo-me Sérgio Tótil.

20:53  

Enviar um comentário

<< Home